Personal Learning Environments

Harmelen, M. Van. (2006). Personal Learning Environments. (M. Memmel & D. Burgos, Eds.)Sixth IEEE International Conference on Advanced Learning Technologies ICALT06, 16(1), 815–816. doi:10.1109/ICALT.2006.1652565 (http://dx.doi.org/10.1109/ICALT.2006.1652565)

Neste estudo o autor tenta delimitar o âmbito do conceito de PLEs (Ambientes Pessoais de Aprendizagem). Para tal procede primeiro lugar a uma desambiguação com outros termos que podem causar confusão, como Ambiente Particular de Aprendizagem, Ambiente Personalizado de Aprendizagem e Ambiente Personalizável de Aprendizagem, depois a uma análise das dimensões que definem o PLE, cuja validade parece ser intemporal, e daí a coerência do conceito, e por fim apresentando exemplos de PLEs. Este estudo é claramente datado, pois o PLE é sempre focado na aprendizagem formal, podendo ser parte de um VLE (Ambiente Virtual de Aprendizagem). É preciso considerar que o boom dos média sociais e o modelo conectivista estavam ainda em formação na altura, por isso este estudo é valioso hoje em dia para compreender a evolução do conceito.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s