Models for Sustainable Open Educational Resources

Downes, S. (2007). Models for Sustainable Open Educational Resources. Interdisciplinary Journal of E-Learning and Learning Objects, 3, 29-44. Retrieved from http://ijello.org/Volume3/IJKLOv3p029-044Downes.pdf

 

Neste artigo Stephen Downes reflete sobre a sustentabilidade de um ecossistema de REA, uma questão de elementar importância, visto que é transversal à existência do próprio conceito. O autor inicia a sua reflexão focando-se na importância dos REA, especificando de seguida o que são esses recursos e o conceito de “aberto”. Estabelecidas esses conceitos iniciais, o autor concentra-se na sustentabilidade propriamente dita, refletindo sobre as suas diversas dimensões: os diversos modelos de financiamento, técnicos (armazenamento, distribuição, etc), de conteúdo (resusabilidade, acessibilidade, qualidade, etc) e humanos (quem produz, que motivação tem, é ou não remunerado, etc). Na conclusão reflete sobre as práticas de desenvolvimento de REA e questiona que se aborde o tema dos REA de forma isolada, sem os contextualizar no movimento de Educação Aberta, definindo essa prática como um risco para a sua sustentabilidade. Parece-me um artigo de grande relevância pois contextualiza de um modo aprofundado questões que devem estar presentes tanto a quem produz ou consome REAs como a quem os gere, sejam pessoas ou instituições.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s